Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Shi

Shi

19
Set16

Passeios Sintrenses #2 Quinta da Regaleira

Shi

IMG_8087

 

Ontem foi domingo e, como sabem, é sinónimo de passear à borla. Como o verão está nas últimas, aproveitamos para visitar a Quinta da Regaleira, em Sintra, que tem muito para andar e com a chuva não dá jeito nenhum.

 

Não foi a minha primeira nem segunda vez, na quinta, mas a magia da arquitetura é absolutamente contagiante. Quem esteve à frente de toda a construção foi o italiano Luigi Manini que era um dos mais emblemáticos arquitetos da altura (também contruiu o Chalet Biester, mais conhecido pelo palácio dos chapéus de bruxa, a caminho da Pena).

 

A história da quinta inicia-se em 1840 quando é adquirida pela Baronesa da Regaleira e passa a ser conhecida como a quinta da Torre da Regaleira. No entanto, apenas começou a ganhar o aspeto atual em 1893 aquando da compra por parte de António de Carvalho Monteiro. Em 1904, o rei D.Carlos condecorou-o como barão de Almeida.

IMG_8112

 

Luigi Manini entra em ação em 1898, depois do arquiteto francês Henri Lusseau ter dado os primeiros planos em 1896. A maioria da obra foi feita entre 1904 e 1910 pois concentrou-se na capela e no palácio. Uma mistura de vários estilos arquitetónicos é a visão que têm ao contemplar a quinta: neogótico, manuelino, românica e renascentista.

 

 

Sem Título

 

 

O mistério encontra-se a cada passo dado pelo jardim que nos faz imergir num ambiente de magia. Ao todo são 10 grutas de percursos incríveis, sendo que 4 delas – Portal dos Guardiões, Poço Imperfeito, Lago da Cascata e Gruta do Oriente- vão dar ao Poço Iniciático.

 

 

IMG_8051hhklj

 

Um poço, com 27 metros, emblemático por intensificar a relação entre o céu e a terra. As outras grutas apesar de mais pequenas também são maravilhosas- gruta da Virgem, gruta do Aquário, gruta da Leda, gruta do Labirinto, gruta do Túnel da Capela e a gruta do poço Iniciático.

 

IMG_8167

 

 

E engane-se quem acha que apenas vai ver grutas porque não. Para além de que a maioria das grutas tem uma entrada linda com referências mitológicas, também podemos ver a capela, as torres com miradouro, o palácio, álea dos Deuses, as cavalariças, oficina das artes, loggia de pisões…

IMG_8170IMG_8064

 

IMG_8171

 

O palácio é constituído por 5 pisos, sendo que os pisos -1 e -2 foram destinados à cozinha, camaratas e refeitório, no piso 0 podemos visitar a sala da caça, a sala da renascença, a sala dos reis e contemplar os estilos barroco e manuelino que nem ao hall de escada e ao alpendre ficamos indiferentes, nos pisos 2 e 3 está uma exposição sobre o percurso da quinta da regaleira e sobre os que a tornaram no espaço místico que é.

IMG_8121

IMG_8128IMG_8126

 

Ainda no palácio há uma torre mais elevada e um terraço com vista panorâmica, que valem muito a pena.

 

IMG_8134

 

IMG_8133

 

É um passeio que recomendo e que, por muito que me tenha esforçado, as fotografias nem mostram ¼ da beleza que encontramos. Pessoalmente, acho que é um dos sítios mais místicos em Sintra e pelo que andei a pesquisar, enquanto representação dos cosmos, o jardim tem magia e mistério e vislumbram as referências à Mitologia, a Camões, ao Olímpo, a Vírgilio, a Dante, entre muitos outros e revela ter uma dimensão de Mansão Filosofal Lusa. 

Já sabem que para os munícipes é gratuito ao domingo, durante o dia todo, e para todos aqueles que querem visitar e não pertencem ao concelho o bilhete para adulto tem o valor 6€ sem guia. Durante o verão a quinta está aberta até às 20:00h,

nos meses de inverno encerra às 17:30h e em Fevereiro, Março e Outubro às 18:30h.

2 comentários

Comentar post

Sigam-me

Follow my blog with Bloglovin Follow

Instagram

Mensagens

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D